Review: ” Moriah” com Spoilers!

Moriah – 14×20

Olá Padalovers! Como estão todos? Espero que bem! Chegamos a reta final desta temporada (que ao meu ver , não foi uma das melhores), porém fechou com chave de ouro! Moriah começa com aquela incansável briga entre Castiel e Dean , e sim , a essa altura do campeonato , os roteiristas não cansam e revemos estes diálogos longos e chatos entre os dois personagens . Logo de cara , eu , como telespectadora , imaginei que o episódio inteiro se prolongaria desta forma. Me enganei ! Ufa! Jack após a saída do Bunker nota que as pessoas estão agindo de forma estranha. Elas estão falando A VERDADE NUA E CRUA! Sem filtro. Já Castiel numa tentativa desesperada de dar um fim em toda está situação, acredita que voltar ao inferno seria uma boa opção para investigar e dar um fim nesta briga (Dean vs Jack), porém ela acaba chamando atenção do Poderoso Chefão, digo, Chuck. E Ele não voltou por acaso…

“Oh My Fo&5@Cker God! I Mean, Chuck!”

No outro núcleo do episódio, os nosso queridos Hunters tem a brilhante ideia de ir atrás de Jack, desta vez ,através da tecnologia de reconhecimento facial em uma empresa chamada Mirror. E pela primeira vez, em todos esses anos, Dean confessa que a identificação do FBI é falsa e que ele está procurando o filho do Diabo ! Hilário ! ( Jensen Ackles está maravilhoso neste episódio!) Mas a melhor deixa é a de Sam, que assume que a Celine Dion é a sua cantora favorita!

“Espelho , Espelho meu . . . Existe carteira mais falsa do que essa?”

Chuck felizmente se junta aos Hunters e a Castiel para uma reunião extraordinária (a cena de discussão entre Dean e Chuck é colérica e rápida e o Dean quebrando o violão de Chuck no maior estilo Rock and Roll nos tiras segundos de boas risadas com direito a Replay!) O Papo entre o Superior o o nosso trio é cheios de tons irônicos – Notem no comentário de Chuck sobre os Leviatãs e os Homens de Letras Britânicos , que na minha humilde opinião, foram colocados nas temporadas mais fracas da Série – Chuck Piadista! A premissa da volta do Todo Poderoso na série é graças a Jack, ou seja, a coisa está bem feia por aqui! Com uma proposta nada descente, ele apresenta o Hammurabi, uma arma que é uma espécie de equalizador universal para assassinar Jack. O Hammurabi – o verdadeiro – foi um rei babilônico do século XVIII a.C. que conseguiu, durante o seu reinado, conquistar as primeiras grandes civilizações do mundo- Sumária e Acádia -, tornando – se o primeiro Rei do Império Paleobabilônico. Foi ele, também, precursor do Código de Hammurabi do qual descrevia um conjunto de Leis, entre elas a mais famosa, a Lei de Talião – Olho por Olho, Dente por Dente – uma boa referência para as próximas cenas! A arma não tem balas. Ela funciona através da energia que seu atirador emana. Ah ! Um ponto importante a esclarecer: a energia emanada volta para você! Lembram da Lei de Talião? Pois é meus caros , no maior estilo “Aqui se faz, Aqui se Paga”, Chuck joga a bomba nas mãos dos Winchesters (mais uma vez!) e Dean , pela primeira vez, resolve aceitar as “Palavras De Deus” e aceita numa boa sem questionar em nenhum minuto este plano inútil! Cass parece ser o Ser mais sensato dentro do Bunker, e questiona Dean (Mais uma outra vez!) lhe dizendo o óbvio – que está não é a melhor solução – e , sim, colocar Jack na Jaula no andar de Baixo. Definitivamente, acredito que nesta temporada os roteiristas queriam mesmo acabar com o Destiel de uma vez por todas! Quanta Briga!

“Deus fraco”

Voltando à Jack, Castiel o encontra e ele diz ter procurada os Avós Maternos, mas antes que ele falasse algo, sua Avó o rejeitou. Pobre Jack! No Bunker , Sam têm uma conversa com Deus (literalmente!). Ele o questiona coisas que provavelmente TODOS NÓS faríamos se tivesse tal oportunidade. E faz a pergunta crucial : “Porque não você matar Jack? Está com medo dele?”, e Deus responde: ” E você não?”. A participação de Rob Benedict é digna de seu personagem; Um Deus tão Magnífico e ao mesmo tempo Humano. Aquele Deus citado na Bíblia Cristã, no Livro de Gênesis : ” O Homem é feito à imagem e semelhança de Deus” Capítulo.1; Versículo 26 – 27.

“Espada justiceira dê me a visão além do alcance! Thunder, Thunder, Thundercats”

Antes da chegada de Dean ao cemitério para matar Jack – o primeiro furo do roteiro neste capítulo; como Dean sabia que Jack estava lá? – Castiel tenta consolá – lo, mas o menino continua se martirizando pelo o que fez. Esse é o estopim para que Jack não revida contra Dean. Na hora que ele aponta a arma contra ele, de joelhos o Nefilim perde perdão e tem consciência de todo mal e dor que fez a Dean . E antes que Dean puxe o Gatilho, Sam aparece (Chuck também!) para impedir. Dean, no momento de lucidez, abaixa a guarda, irritando o Supremo. Chuck não gosta de onde este enredo está chegando , e confronta Dean , que por sua vez questiona de volta e diz que o irmão está com razão; que tudo isso faz parte da História Dele , do qual Ele escreveu , absolutamente TUDO ! Manipulador Seja ! Amém!

“Chuck, How Dare you?”

Bom, como Ele é o Grande Escritor desta obra, num estalados de dedos , Jack morre e se encaminha para o Vazio Eterno. Sam incorpora, por alguns segundos o seu Receptáculo, Lúcifer, mesmo que seja de forma figurada, e se revolta contra o Pai : Como um Anjo Caído que questiona as Regras do Todo Poderoso , ele pega o equalizador e atira em Chuck – uma das melhores cenas da Série com certeza! E no momento de Fúria total , Chuck Diz: “É assim que vocês querem ?A História acabou , Bem vindos ao Fim!” Desta forma Ele mostra a sua verdadeira face e coloca os Garotos numa nostálgica realidade deixando nós telespectadores de queixo caído ! Todas as cenas a seguir foram feitas para não só homenagear os melhores episódios desta Série Épica (até Chuck concorda!) , mas para deixar milhões de fãs ao redor do mundo mais ansiosos para próxima temporada ( Já não bastasse ser a última!)

“Chuck ! Go to Hell!

“Moriah” teve uma aprovação de 9,5 pelo público do IMDB, e na minha opinião foi SIM o melhor episódio desta temporada. Considerando que , cada minuto foi bem aproveitado pelos roteiristas, que, felizmente, acertaram, colocando um Mix de emoções e referências da própria Série. Nunca tinha visto isso antes: Um episódio inteiro dedicado à Homenagear a própria Série sem sair da Realidade da própria Série! Fantástico! Outro ponto positivo foram a imensidão de conhecimento Literário e Histórico da Humanidade, dando a impressão que , desta vez , eles pararam para pesquisar e não só entregar um episódio para The CW channel. O próprio nome do episódio “Moriah” refere – se do Hebraíco “Ordenado por Deus” e está no Livro de Gênesis (Parece que eles leram bastante este livro!) na passagem em que Abraão sem nenhum questionamento , entrega como sacrifício o seu filho Isaac no Monte Moriah. Esta passagem também é citada no episódio pelo próprio Chuck. E para finalizar este episódio de forma Maestral nada como uma belíssima trilha sonora cantada por um Deus que viveu entre nós ( Lemmy Kilmister eterno Deus para os Headbangers!). God Was Never On Your Side é um clássico do Heavy Metal e do Rock ‘n’ Roll, deixando mais uma vez a sensação que teremos na próxima temporada o mesmo sentimento que veio à tona quando vimos os irmãos Winchester pela primeira vez, no primeiro capítulo a 14 anos atrás . . .

Sam : “God was Never on our side!”
Dean: ” I told you that Amara was better!”
Castiel: ” Shut up You Both! It’s Too Late !”

P.S.: Alguém sentiu uma dor no coração quando ouviu pela Penúltima vez a entrada do Episódio ? “A estrada até aqui” Comentem !

Deixe uma resposta