Review: “Lebanon” – Com Spoilers!

Minha review do episódio “Lebanon” (14×13), de Supernatural.

São tantos sentimentos misturados e tanta coisa pra comentar que estou tentando ainda encontrar a melhor forma de começar esta review. No 300º episódio da série, todos os fãs esperavam algo muito especial e sem dúvida foi, porém os roteiristas optaram por não fazer grandes estripulias e mantiveram a base de Supernatural.

A primeira parte do episódio vi como uma homenagem ao que Supernatural era nas primeiras temporadas. Os irmãos juntos resolvendo casos de fantasmas e salvando adolescentes que fizeram má escolhas. A segunda parte do episódio foi para mostrar o que realmente importa no final do dia: Família.

A família sempre foi o coração da série. A família em si e não só apenas o negócio da família. E não teria outro jeito de mostrar isso neste episódio sem John Winchester.

A entrada de John no episódio, ao lutar com os filhos no escuro foi uma homenagem ao começo humilde de Supernatural. Aquela seriezinha que todo ano tinha o medo de ser cancelada e hoje está em seu 300ª episódio.

Cada palavra trocada com o pai, cada olhar, cada lágrima e até o abraço deixado apenas para o final, tiveram uma verdade tão grande que era até difícil lembrar que ali estavam atores, com scripts e que na frente deles existiam câmeras e várias pessoas captando aquele momento. O amor e a admiração que os atores têm um pelo outro transborda a ficção e simplesmente foge da tela.

Impossível não se emocionar com a atuação majestosa de Jared Padalecki (Sam) em cena sozinho com Jeffrey Dean Morgan (John). Na maioria das vezes vemos atores fazendo uma força descomunal para chorar, mas nessa cena vemos o contrário. Parecia que Jared fazia uma força enorme para não chorar mais do que a cena exigia, tamanha a sinceridade do diálogo. Poucas séries nos entregam essa verdade entre atores. Na minha opinião essa foi a cena mais emocionante do episódio e talvez até da série inteira, até hoje.

Foi muito impressionante assistir Jeffrey Dean Morgan como John Winchester novamente após todos esses anos. Depois que saiu da série, ele fez vários trabalhos no cinema e atualmente está em The Walking Dead, interpretando um personagem muito marcante. Então era fácil estar afastado de um personagem tão antigo como o Winchester.

Não sei como ele fez a preparação para essa volta, mas seja lá o que ele fez, deu certo. John estava ali completo, exatamente como o conhecemos há 13 temporadas atrás. O mesmo olhar, jeito de falar, andar, etc. Talvez ele não tenha feito nenhuma preparação, afinal, Supernatural é difícil de esquecer e tirar do coração.

Audiência do episódio (Canal CW – EUA):  1.64 milhões de espectadores.
Nota: ♥♥♥♥♥ (5/5)

Deixe uma resposta