O que a volta do Miguel significa para o Sam?

[ESTE ARTIGO CONTÉM SPOILERS]

Bem, todos sabemos que durante um tempo entre a quinta e a sexta temporada o Sam ficou trancafiado na jaula com Miguel e Lúcifer. Sabe-se lá o que dois dos mais poderosos arcanjos fizeram com o Sam nesse intervalo de tempo. Mas é de se adivinhar que não deve ter sido uma experiência nada legal para o Sam. Uma alma humana presa numa jaula juntamente a dois arcanjos enfurecidos não é agradável nem de se pensar.

E, como todos sabemos, o Sam foi retirado de lá e pôde voltar a viver. Durante muito tempo creio que ele teve conforto em ter a “certeza” de que Lúcifer e Miguel jamais sairiam de lá. Mal sabia o Winchester cabeludo que seu inimigo poderia vir literalmente de outro mundo.

Com a inclusão do mundo 2 na série, Miguel pôde novamente se tornar uma realidade. Uma realidade bem catastrófica, por sinal. Com a volta de Miguel e a possessão de Dean, Sam se vê realmente indefeso uma vez que tem que enfrentar um de seus piores inimigos no corpo do seu próprio irmão. A cada nova ameaça do arcanjo, o Sam vê seu passado bater à porta.

Sabemos que este Miguel, por ser do mundo alternativo, não é o mesmo que torturou o Sam com o Lúcifer na jaula, mas certamente ele tem poder igual ou maior ao arcanjo do mundo “real” e creio que, em algum ponto, isso possa amedrontar o Sam. Todas as lembranças podem vir à tona tornando o Miguel tão difícil de engolir quanto o próprio Lúcifer.

Estou ansioso pra ver o desenrolar dessa trama e se o ponto ao qual me refiro será abordado. E vocês, o que acham, Padalovers?

One Reply to “O que a volta do Miguel significa para o Sam?”

  1. Eu acho que os roteirista mais uma vez não estão dando importância, e não vão dar em tudo que Sam sofreu na jaula. Simplesmente eles não dão voz as suas dores,a seus trauma. Eu vejo que seria rico muito rico apresentar toda sua angustia todo seu sentimentos de dor.

    (Decepcionada) Mas eles não realizar meu desejo.

    Como no período em que esteve com Amelia ,que cagaram .

    Aquilo foi tão mal escrito.

    Penso que na oitava temporada faltou expor o quanto a perda de Dean fez com que Sam senti-se perdido solitário com um buraco no peito.. . Que achasse que deveria afastar de tudo.

    Faltou dizer ele não queria errar outra vez,como na ocasião onde Dean foi para inferno . Na qual ele adquiriu o vicio pelo sangue por querer vingança.

    E temendo falhar preferiu honrar a palavra dada a seu irmão e se afastou .

    E ao passar do tempo, a dor foi consumindo tanto, que em uma noite fria decidiu que não mas queria viver . Ele pegou o baby e em alta velocidade seguiu em uma estrada deserta, acelerou acelerou. Ele estava decidido era noite que poria um fim em toda dor. Foi quando um cão atravessou estrada. Sam imediatamente freio o carro. E constatou que o bicho ainda estava vivo e sofrendo.

    Ao socorrer o cão junto ao ambulatório da Amelia, ela intimou que cuidasse do animal. Ele que estava determinado a tirar a própria vida, viu seus planos frustrado. Dai algum tempo depois com proximidade com Amelia acabou se afeiçoando a ela pois ela o impedira de consumar seu desejo de morte..

    No entanto, quando Dean retorno, ele não compreende o motivo de Sam afastar-se de tudo ,pois não passou por sua cabeça que Sam estava totalmente quebrado.

    Meio enciumado ele achou melhor acusa-lo de te-lo abandonado

    Dai cada vez que Dean culpou por abandono de tudo de todos, ele foi desejando cada vez mais seguir a morte.

    Foi assim que ele decidiu fazer os teste com aqueles doentes ensaios.

    Vê uma simples cenas antes do atropelamento poderia ter explicado muito melhor atitude de Sam. Só que os caras queriam que os fãs julgassem Sam como egoísta , ele foi crucificado até o ultimo episodio sacrifício.

    bjsssss

Deixe uma resposta