Review: “The Scar” – Com Spoilers!

Minha review do episódio “The Scar” (14.03) de Supernatural.

Apesar de ninguém ter acreditado que Dean estava realmente de volta, o episódio já começa mostrando que sim, ele está de volta! E Dean já volta mostrando o quão errado ele está ao falar mal da barba de Sam. Migo, só você não gostou! rs Brincadeiras à parte, nesse episódio vemos um Dean querendo resolver o que lhe atormenta: a culpa de ter dito “sim” a Michael. Enquanto Sam quer ajudar Dean a enfrentar seus tormentos – e Sam sabe muito sobre isso – Dean não parece nada interessado, focando apenas na caçada.

Finalmente no final do episódio, em uma das clássicas cenas de conversas na baby, Dean confessa a Sam como era estar possuído e sentimos ali como é inútil lidar com isso sozinho. Parece que o que mais incomodava Sam era ter certeza que Dean estava lutando com as lembranças sozinho. Naquele momento, ter seu irmão falando pela primeira vez desde que voltou, levou Sam as lágrimas (e nós também, né?!).

A participação de Jody Mills (Kim Rhodes) nesse episódio nos aquece o coração nos trazendo uma pequena amostra do que seria o spin-off “Wayward Sisters” se ele tivesse acontecido. Jody comenta como está a relação atual dela com as meninas, principalmente com Claire (Kathryn Newton), pois Jody não conta a Claire que está rastreando o assassino de Kaia por ser ainda um assunto doloroso para Claire, revelando que Kaia foi o primeiro amor de Claire. Eu acredito que Supernatural ainda vai nos trazer mais das meninas rebeldes ao longo dessa temporada.

Gostei muito de ver finalmente mais da Dark Kaia, que havia me deixado intrigada após ter aparecido lá atrás no episódio do spin-off da 13ª temporada. Confesso que fiquei com medo dela ficar esquecida, afinal, não temos muitas informações ainda se a história desta temporada vai levar ao mundo alternativo de novo. Dark Kaia diz a eles que ela e Kaia compartilharam visões por toda a vida, Sam percebe que ambas são dreamwalkers que estavam conectadas por seus poderes.

Enquanto isso no bunker, Jack resolve ir embora pois se acha um inútil para Castiel e os Winchesters. Mas antes de ir, Jack se depara com Castiel tentando curar Lora, a menina que estava morrendo por causa de um feitiço de uma bruxa. Alex resolve ajudar e imediatamente se identifica com a menina, que conta a Jack que havia fugido de casa por não aguentar as regras de sua mãe e ser tratada como criança. Sendo exatamente assim como Jack se sentiu horas antes quando Dean falou que ele não poderia ir junto com eles na caçada. É de partir o coração ver Jack arrasado quando Lora morre e em seguida é de encher o coração de orgulho quando ele encontra uma forma de salva-lá sem precisar de seus poderes, como Castiel lhe diz: “Hoje você provou que tem mente e coração de caçador.” Mas infelizmente, na última cena do episódio vimos que ser fã do Jack causa muito sofrimento em nossos corações. A última coisa que precisávamos agora é Jack doente ou morrendo. Não toquem no meu Jack!

Quem está acompanhando aqui minhas reviews já sabe da minha teoria sobre Nick (Mark Pellegrino), porém, essa semana um dos roteiristas de Supernatural, Andrew Dabb, disse que Michael será o grande vilão dessa temporada, contrariando o que Eugenie Ross-Leming havia dito em outro momento que não seria Michael o principal foco!

“Miguel é, para todas as intenções e propósitos, o grande vilão da temporada. Ele vai puxar algumas alavancas que acordarão coisas maiores e mais assustadoras, mas é tudo parte de seu design, então ele é o cabeça por trás disso tudo”, disse Dabb em entrevista ao site Variety.

Bom, com essa informação, logo me vem a mente que Nick será uma dessas “coisas maiores e mais assustadoras”. Veremos!

Audiência do episódio (Canal CW – EUA): 1.36 milhões de espectadores.
Nota: ♥♥♥ (3/5)

Digam aí, o que acharam do episódio?

One Reply to “Review: “The Scar” – Com Spoilers!”

Deixe uma resposta