Por que fãs de Supernatural fizeram uma festa para um Jared Padalecki de papelão em um bar de San Diego? « Jared Padalecki – Brazilian FansitePor que fãs de Supernatural fizeram uma festa para um Jared Padalecki de papelão em um bar de San Diego? « Jared Padalecki – Brazilian Fansite
Jared Padalecki – Brazilian Fansite

Por que fãs de Supernatural fizeram uma festa para um Jared Padalecki de papelão em um bar de San Diego?

| Matéria original por ocregister.com
| Tradução por Rebeca Almeida (equipe JPBR).

Jules Wilkinson andou na frente do Bar Analog no Gaslamp Quarter, saudando amigos e fãs de Supernatural enquanto eles chegavam para a festa da Comic-Con 2018 que ela já deu três vezes para os seguidores firmes da série da CW.

“Eu estava indo para a Comic-Con e não podia acreditar que Supernatural, um dos maiores fandoms no mundo, não tinha uma festa,” disse Wilkinson, que trabalha na assistência médica para mulheres, é uma escritora e comediante que vive em Melbourne, Austrália. “Então eu disse ‘Vamos dar uma festa’, e começamos a planejar uma.”

O bar estava cheio de fãs como Pablo Machado, um estudante universitário de Guadalajara, México, que disse que enquanto a série é formidável, o senso de comunidade entre os fãs é um encanto para ele.

“É uma sensação muito agradável,” disse Machado. “Eu não sei o que esse fandom vai fazer quando acabar. Vai ser histeria em massa.”

Ele estava brincando, nós achamos, mas até agora não tem nenhum final à vista para a história dos dois irmãos, Sam e Dean Winchester, interpretados pelos atores Jared Padalecki e Jensen Ackles, respectivamente, que viajam pelo país em um Impala 67 caçando fantasmas, demônios e outras coisas que assombram durante a noite.

Enquanto pelo menos uma das atrizes da série estava em algum lugar da festa, Ruth Connell, que atua como Rowena MacLeod, a mãe de Crowley, Rei do Inferno, as figuras de papelão em tamanho real dos atores Padalecki, Ackles e Collins tinham seu próprio lugar de honra. O clone de papelão de Padalecki até mesmo tinha um enorme bolo de chocolate em sua frente, e uma multidão de fãs o cantando parabéns, em honra de seu 36° aniversário na quinta- feira. Aron Brown de Los Angeles disse que ela começou a gostar da série recentemente, depois que alguns amigos que já gostavam a influenciaram a tentar.

(Photo by Kevin Sullivan, Orange County Register/SCNG)


“As pessoas falam sobre eles como se fossem pessoas que eles conhecessem,” ela disse da forma que Supernatural mistura personagens relacionáveis com elementos mágicos. “É como se eles fossem pessoas que você conhece.”

Supernatural durou 13 temporadas até agora e está se aproximando de seus 300 episódios – primeiro na WB e agora na rede da CW – e sua longevidade é parte da razão da energia de seu fandom, de acordo com Wilkinson. Os fãs se comprometem com a série de uma forma que os fãs de outras séries não fazem, escrevendo fanfiction, criando fanarts e sendo recompensados com a forte presença dos atores nas redes sociais.

“Tem bastante mitologia, e tudo desde cultura pop até religião, o que parece se distribuir bem ao redor do mundo,” ela disse. “Mas no fundo, é sobre construir uma família. Fandom é geralmente uma família de escolha. Os personagens
encontram sua família, e isso também acontece no fandom.”

Os ingressos para a festa também incluíam jantar de tacos mahi-mahi, mini hambúrgueres, macarrão com queijo e pimenta japapeño, e salada vegana asiática. A sobremesa era torta de maçã e o bolo de aniversário de Padalecki –
não é como se ele estivesse lá para comer.

Foram vendidas rifas para arrecadar dinheiro para caridade, com prêmios que incluíam a versão de Supernatural de Monopoly e cópias autografadas de “Ship It”, novo livro juvenil de Britta Lundin, uma estória que se encaixa perfeitamente no mundo dessa série em específico e fandoms em geral, de acordo com Lundin.

“Supernatural é uma mistura perfeita de ação fantástica e sentimentos,” disse Lundin, de Los Angeles, que quando não está escrevendo livros de ficção juvenil, é uma roteirista na série Riverdale, da CW.

“No mesmo episódio você vai ter um personagem lutando contra fantasmas e também chorando pelo seu pai,” disse ela. “E essa é uma mistura intoxicante.”

As aproximadamente 150 pessoas que apareceram para celebrar seu amor mútuo pela série é tudo que Wilkinson diz que ela realmente precisa.

“Eu sempre digo que fandom é meu fandom,” disse ela. “É tudo sobre essas pessoas. Eu sei que eu posso dar uma festa e as pessoas vão se conhecer e se tornar amigas.”

Fonte/Source.

%d blogueiros gostam disto: